Site pioneiro no resgate da memória lagartense

Lagarto, 30-05-2017

Resumo Biográfico

Rusel Barroso, 1 de janeiro de 2008

RUSEL MARCOS BATISTA BARROSO, professor, escritor e pesquisador, nasceu em Lagarto/SE, em 27 de junho de 1963. Filho de Jodeclan Barroso Silva e de Aidê Batista Barroso. Iniciou seus estudos em sua terra natal, nos Colégios “Dom Frei Vital” e “Laudelino Freire”, transferindo-se para a capital no final da década de 70, onde fez o curso médio e começou a se dedicar aos estudos de Língua Estrangeira. É portador do Certificado “Foreign Language for Foreign Students” pela “National Technical Schools” de Los Angeles e do Certificado Spoken English for Speakers of Other Languages pela Trinity College de Londres. Foi professor do CCAA e do Caledonian, em Aracaju, e também dirigiu as Escolas Fisk. Em Lagarto, lecionou nos Colégios Sílvio Romero, Salete, Abelardo Romero Dantas e Frei Cristóvão, este último, sob sua direção, de 1993 a 1995, ano em que passou a Assessor de Gabinete da Secretaria de Educação e Cultura do Município, até o início de 1997. Desde então, trabalha como tradutor e revisor de obras literárias e científicas, a exemplo das publicações Caminhos & Atalhos, uma das obras de Antologia Poética de maior expressão da escritora Núbia Marques; O gosto da fala confidente, da poeta Socorro Rocha; Psicologia Geral, do professor Rivaldo Sávio, tendo sido prefaciador do livro Nove Contos, de Claudefranklin Monteiro. Publicou, em 2002, uma coletânea de textos bilíngues sobre o seu município, entre eles: Conterrâneos que marcaram época (publicação avulsa sobre a cidade de Lagarto, com o apoio de divulgação da Maracar Veículos) e Lagarto, Cidade Ternura (apresentação do referido município no 34º Festival Nacional de Folclore, em Olímpia (SP), trabalho que o premiou com um Título Honorífico, outorgado pelo governo daquela municipalidade). Em dezembro de 1998, foi agraciado com o Mérito da Fundação “José Augusto Vieira”, em reconhecimento à sua atuação como expoente na área de Língua Inglesa. Em 1999, recebeu o Título Professor Destaque, conferido pela Secretaria de Estado da Educação, Desporto e Lazer e o Certificado de Reconhecimento do Banese por sua contribuição ao município no âmbito cultural, ocasião dos 30 anos de sua fundação. Foi agraciado, em 2000, pelo Governo do seu Município, com a Ordem do Mérito Sílvio Romero. Foi ainda diretor de eventos e vice-presidente da ASCLA. De 2000 a 2002, administrou a Escola Estadual Dom Mário Rino Sivière. Atualmente é Assessor de Gabinete da SEMED, e coordena, em Paripiranga, o Departamento de Monografias da Faculdade AGES, onde atua no Comitê Gestor como Diretor Adjunto da Instituição. Membro da Associação Sergipana de Imprensa e fundador da 1ª escola de línguas de Sergipe, no interior do Estado, dirige, há mais de 25 anos, a Organização Americana de Cultura Inglesa, sua marca registrada na educação. Autor das obras English for Specific Purposes (J. Andrade – 2004); Manual de Monografia: graduação e pós-graduação da Faculdade AGES (J. Andrade – 2005); Manual de Trabalhos Acadêmicos: artigos, ensaios, fichamentos, relatórios, resumos e resenhas (Sercore – 2007); O Pioneirismo de Sílvio Romero na Historiografia da Literatura Brasileira (no prelo); Vídeo documentário: Trajetória de Sílvio Romero (TV Alese / Status Video – 2008). Entre os principais artigos publicados, merecem destaque Para não ler ingenuamente uma Tragédia Grega, Caderno UFS – Filosofia – Vol. VI – Fascículo 3 – Editora UFS – 2004; A influência do Latim na Língua Inglesa: ensino instrumental, em Anais da II Semana Interdisciplinar de Educação da Faculdade AGES; Trajetória de um povo renegado, Revista Campus da Faculdade AGES, vol. 1, nº. 1, 2008; Português na escola: qual é o caminho?, Revista Campus da Faculdade AGES, vol. 2, nº. 1, 2009; O passo de Estefânia vai além dos seus limites, Revista Campus da Faculdade AGES, vol. 2, nº. 2, 2009; além das publicações deste Portal.

Comentários:

Uma resposta para “Resumo Biográfico”

  1. Gerdiel disse:

    Não diria que você busca, com esse site, promover apenas a memória de Lagarto, mas promove o Estado de Sergipe, já que cita os professores João Costa e Núbia Marques, dos quais tenho lembranças muito gratificantes.

Deixe uma resposta

Publicações recentes

Outras publicações desse autor