Site pioneiro no resgate da memória lagartense

Lagarto, 20-08-2017

Uma viagem que vai muito mais além

Rusel Barroso, 10 de março de 2010

O livro tem uma linguagem voltada para o público juvenil, mas também consegue transmitir, às pessoas de todas as idades, de forma poética e bastante metafórica, os principais valores humanos.

A utilização de um personagem do reino animal, que descobre as virtudes da vida e as mazelas causadas pelo homem, nos mostra que também somos capazes de modificar os nossos horizontes e mudar o rumo da nossa “viagem”.

Dentro de um aspecto mais específico, observamos a utilização da personificação como figura que dá vida aos elementos da natureza que falam e agem nos livros. A escolha dos nomes das personagens é bem adequada, a exemplo dos pais do Pirilampo: Dona Luminar e Senhor Luminoso.

Quanto ao enredo, o opúsculo se apresenta nas etapas de descoberta das sete maravilhas do mundo por parte do Pirilampo. São a bondade, a justiça, a igualdade, a amizade, a verdade, o amor e o último, mais importante e plenificador do homem: o conhecimento de Deus (citado no livro como o Senhor dos Mundos).

O livro nos mostra que o caminho da felicidade se conhece a partir destas sete maravilhas, e que todos têm a oportunidade de se encontrar com a luz de Deus (luz Shekiná) que guia os homens à verdade eterna.

O livro apresenta um trabalho gráfico simples, mas bem cuidado em todas as suas páginas, que, aos poucos, vão revelando a magnitude da obra. Recomendado!

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações recentes

Outras publicações desse autor