Site pioneiro no resgate da memória lagartense

Lagarto, 17-10-2017

Lagarto – Marco de Progresso

Rusel Barroso, 13 de abril de 2010

Localizada no centro-sul do Estado a 78 km da capital sergipana, Lagarto destaca-se pelo seu passado histórico, autenticidade folclórica e arquitetura moderna, sendo portanto, passagem indispensável para os turistas que visitam o nordeste.

Cidade simples, de gente amistosa, Lagarto caracteriza-se pelo  acolhimento e serenidade que oferece aos seus visitantes.

O seu primeiro núcleo populacional foi o Santo Antônio, onde se encontra o marco histórico que revive os primeiros acontecimentos da colonização do município.

Segundo historiadores, a existência de uma pedra em forma de lacertílio é uma das versões que conduz ao nome do município.

Além das manifestações folclóricas e religiosas, Lagarto oferece aos seus visitantes e moradores variadas atrações que são apresentadas na Praça do Forródromo, no Parque “Zezé Rocha” e em ginásios de esporte. Merecem também destaque a Festa da Padroeira “Nossa Senhora da Piedade” e a Exposição-Feira de Animais no Parque “Nicolau Almeida”, realizadas no mês de setembro.

As vias de acesso ao município são as melhores possíveis e o sistema de transporte rodoviário conta com empresas eficientes e modernas agências de viagem.

No centro da cidade, restaurantes, pizzarias e lanchonetes oferecem pronto atendimento, onde a tradicional maniçoba não pode faltar. Complementam estes itens os bons serviços de hospedagem e de atendimento bancário.

O seu progresso é notório em toda parte e o crescimento de sua população, que hoje se aproxima dos 100.000 habitantes, reflete o desenvolvimento do município, berço da esplendecência poética de Sílvio Romero, Laudelino Freire e de tantos outros.

Enfim,  se  você  é  amante  da  cultura,  uma  visita  ao  Memorial  de  Lagarto  e  ao  Centro  Cultural “Adalberto Fonseca”  é  obrigatória  para  assinalar  a  sua  passagem  pela  terra  que  os  lagartenses  souberam  construir com muito amor.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações recentes

Outras publicações desse autor