Site pioneiro no resgate da memória lagartense

Lagarto, 22-04-2019

Homenagem a Hercílio da Radiofon (por Luiz Araújo)

14 de novembro de 2018

Lagarto está de luto! A sociedade em choque com a morte prematura de Hercílio de Detinho (como era chamado na década de 60). Tinha muita coisa para realizar, mas não somos nós que vamos confrontar os desígnios divinos. Uma personalidade carismática, a encarnação da alegria, leal, generoso, prestativo. Nasceu sonoplasta! Foi pioneiro na área da radiofonia, um sacerdote da reprodução do som. Implantou, há muitas décadas, um serviço de radiodifusão, instalando alto-falantes em pontos estratégicos da cidade. De lá partiam mensagens para os namorados. De alguém para alguém (às vezes, o sigilo era conveniente). A canção, “A deusa da minha rua”, na voz de Orlando Silva. Afirmo que muitos casamentos começaram na Radiofon.

Externo meus sentimentos e minha solidariedade à família enlutada e aos queridos conterrâneos que se sentiram diminuídos com o passamento de Hercílio. Há um consolo: pessoas dessa altitude nunca morrem, permanecem cristalizadas nos subterrâneos de nossa alma, creiam os amigos! Só os olhos terrenos não enxergam. Que Deus o receba na sua maior glória, na mansão que estava preparada para ele! Agora, o eterno Hercílio inicia uma nova vida.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *